como montar uma franquia
Clique para Imprimir
O desejo de crescer rapidamente no mundo corporativo é recorrente a todos os empresários. Em tempos de crise, uma alternativa encontrada são as franquias. Por já estarem consolidadas no mercado, tem mais chance de sucesso. Mas, como franquear minha empresa? Fique atento as dicas abaixo!

Para começar uma franquia é preciso estar atento a Lei no 8.955/94 que regulamenta todo o sistema. No discorrer desse texto, iremos explicar tudo o que você precisa saber para começar esse tipo de negócio.

Como franquear minha empresa: O que são as franquias?

São modelos de negócios onde o franqueador permite ao franqueado o uso de sua marca e tecnologia desde que haja cumprimento de algumas normas. É uma nova loja da marca, gerenciada por outro empresário. É um sistema que tem sido bastante lucrativo para ambas as partes, tornando-se um bom investimento.

Para poder adquirir uma franquia é necessário padronizar toda a documentação, treinar a equipe e estudar as informações específicas sobre o negócio.

Quais os benefícios de franquear uma empresa?

– Rápido crescimento: por já ter um nome no mercado, é mais fácil que o negócio dê certo em pouco tempo;

– Regulamentação própria: que estabelece todas as responsabilidades e exigências documentais através da Lei 8.955/94. Além de não prever vínculo trabalhista e nem fiscal entre as partes;

– Poder de compra da rede: conforme o negócio for crescendo, o poder de compra e de negociação também aumenta. Isso gera economia de escala com mais lucro;

– Participação nas receitas do franqueado: o franqueador tem direito a uma parte das taxas da receita obtida pelo franqueado. Pode ser a taxa de franquia que é um valor fixo e pago uma única vez, cobrado pela empresa franqueadora por conta do uso da sua marca; a taxa de royalties que é um valor cobrado periodicamente pelo uso da marca e dos conhecimentos cedidos ao franqueado. Esse valor é pelo faturamento bruto mensal de cada unidade; e a taxa de marketing que também é baseada pela porcentagem do faturamento bruto mensal ou por um preço fixo, destinado a campanhas de marketing institucional e divulgação de produtos.

Todo negócio pode virar uma franquia?

Não. As franquias não são uma opção para qualquer tipo de empresa.

Para saber se o seu empreendimento é passível de ser franqueado, é primordial verificar as possibilidades, avaliando os critérios mercadológicos, financeiros e operacionais.

– Mercadológicos: é preciso oferecer produtos ou serviços com algum diferencial relevante;

– Financeiros: sem dinheiro nenhuma empresa se mantém, por isso é preciso pensar em quantas franquias seriam necessárias para dar lucro e se o franqueado conseguiria manter a loja dando lucros;

– Operacionais: dependem da administração do empresário. No caso de uma administração positiva, é mais fácil formalizar um pedido de franquia.

O que fazer para transformar sua empresa em franquia?

Faça uma preparação para conhecer as operações e métodos de produção. Documente tudo o que for ceder a nova franquia, selecionar fornecedores, planejar como será a seleção dos franqueados, entres outros.

Conhecer a lei do Franchising é fundamental para que tudo funcione adequadamente aos olhos da lei. Além do que é importante ter conhecimento sobre os direitos e deveres, evitando qualquer tipo de problema.

Um bom planejamento para criar uma franquia é necessário para poder organizar melhor a estrutura e definir um plano de negócios. Outro ponto é elaborar contratos para se resguardar juridicamente. A Circular de Oferta de Franquia (COF) é o principal documento e deve estar acompanhado do contrato.

Quais são os principais documentos necessários para abrir uma franquia?

Os principais são a COF e o Contrato de Franquia (CF). A COF deve apresentar todas as informações sobre a rede de uma franquia, assegurando uma boa relação entre o franqueador e o franqueado.

Depois da leitura da COF o empresário decide se irá assinar o CF, que é um contrato empresarial de adesão, apresentando a relação jurídica afirmando que o franqueador cede ao franqueado o direito de explorar a marca.

Transformar a empresa em franquia não é fácil e exige bastante atenção e planejamento.

Está pensando em franquear sua empresa? Esse texto ajudou a tirar suas dúvidas? Acesse nosso site e acompanhe nosso trabalho. Clique aqui!

0
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *